Centenas de pessoas conseguem
agora dirigir sozinhas ;)

Psicotran

Melissa Narela Márquez

Melissa Narela Márquez, 22 anos, designer.


Eu descobri que não era apenas dirigir o meu medo, eu levava para varias áreas da minha vida e esse acompanhamento me ajudou a acreditar em mim mesma e saber que posso fazer tudo o que me proponho.

Quero agradecer muito a Elaine por me ajudar nessa trajetória.

Psicotran

Lauraci Chizue Seki Kioshima

Lauraci Chizue Seki Kioshima, 66 anos, professora.


Não comentei nada sobre as sessões com meus filhos, somente quando terminei meu tratamento e olhei o resultado. Só alegria!

Tenho 66 anos e me dei uma última chance de voltar a dirigir. Fiz minha habilitação 40 anos atrás e à 30 sem dirigir, o medo tomou conta de mim!

Acreditem, conheci a PSICOTRAN e com ajuda da psicóloga Elaine, consegui superar esse medo que há tanto tempo só crescia em mim.

Gratidão à ela pela paciência e me passar tanta confiança de que eu ia conseguir superar. Agradeço à Deus e ao meu esposo por me ajudar nas lições de casa, também contribuindo pra perder esse medo.

Agora, posso dizer que me sinto realizada e muito feliz com essa super superação de voltar a dirigir!

Psicotran

Marcele Antonio

Marcele Antonio, 32 anos, jornalista.


Foram longos 13 anos com a carteira de habilitação juntando poeira na carteira. Toda vez que olhava para o documento, pensava no quanto, para mim, ele não passava de um papel sem efeito. Já perdi tantas oportunidades por não dirigir, mas perder essas chances não foi combustível suficiente para vencer o medo de segurar o volante. Eu ficava apavorada só de pensar em sentar no banco do motorista. Já fiquei apreensiva de ficar dentro do carro sozinha, mesmo que estivesse de carona. A ideia de conduzir um carro me gerava taquicardia, suador, tremedeira. Olhava para um veículo e não conseguia vê-lo como uma máquina que só age de acordo com os meus comandos. Para mim, o carro tinha vida própria e era sempre maior do que o tamanho real. Minha visão sobre ele e sobre o trânsito era distorcida: tudo era mais tenso, caótico e violento do que a realidade.


A grande virada de chave só aconteceu depois que tive filho e me peguei pensando nas emergências que exigiriam que eu encarasse a direção. Agora, apesar do medo, eu tinha ímpeto e uma motivação forte para encarar o desafio. Foi quando encontrei o Psicotran e entendi que o problema não está no carro, na sinalização, nos outros motoristas. Está em mim e na visão distorcida que também tenho sobre minha própria capacidade. Está numa crença limitante que carrego desde a infância e que nunca tinha parado para compreender a fundo. O primeiro e um dos mais importantes aprendizados foi o de nomear adequadamente o que eu sentia: com a ajuda psicológica entendi que o que eu tinha era uma fobia e não uma frescura.


3 sessões de consultório e 8 sessões de carro depois, eu, que nasci e cresci no interior, dirigi pelo centro de uma capital durante o meu atendimento de alta dizendo para a psicóloga que é engraçado perceber que, agora, tudo parece ter o tamanho que realmente tem. Nada mais está superdimensionado. 


Transformar o medo em vontade de dirigir exigiu que eu encarasse muitas emoções indigestas, lidasse com algumas feridas. Fiquei nervosa, cometi falhas, chorei, senti o coração saindo pela boca. Cheguei em casa dura de tanta tensão muitas vezes. Mas, ao mesmo tempo, experimentei uma sensação de liberdade e empoderamento que fez cada dificuldade do processo valer a pena.


Tenho feito avanços que pareciam impossíveis para mim antes: levar meu filho à escola, ir para a academia, fazer compras e dirigir até o trabalho. Tarefas simples que têm otimizado minha vida. E todas vezes que desligo o motor e puxo o freio de mão, agradeço pelo profissionalismo da equipe da Psicotran, que é extremamente acolhedora e competente e fez por mim o que jamais faria sozinha. Minha gratidão especialmente à psicóloga Vivian que me acompanhou sempre com doçura, paciência, muito conhecimento e habilidade.

Psicotran

Elaine Maria Tortato Montiel Lezcano

Elaine Maria Tortato Montiel Lezcano; 42 anos; enfermeira


Quero agradecer a equipe da Psicotran, que me ajudou a ter autoconfiança e perceber nas sessões teóricas e práticas os possíveis bloqueios que desencadearam o meu medo de dirigir. Enfim, sabemos que na vida passamos por diversas dificuldades, mas temos que enfrentar e não desistir!

Encontramos 35 depoimento(s) em 9 página(s)

1 2 3 4 5 6 7 8 9
X

Fale agora pelo
WhatsApp

CLIQUE AQUI

POLÍTICA DE COOKIES

Atualizado em 26 de julho de 2021.

Com a aceitação dos termos da Política de Privacidade de nosso site o usuario/visitante, por meio do botão ACEITO, concorda com as disposições estabelecidas.

O presente termo tem por finalidade esclarecer regras para utilização de dados que incluem mecanismo de acesso, reprodução, arquivamento, processamento, armazenamento, recepção, classificação, utilização, coleta dos dados dos usuários, além do registro das atividades do usuário dentro do domínio.

Armazenamos os dados dos usuários que nos são fornecidos, direta ou indiretamente, durante a utilização de nosso site e aplicativos por meio e cookies, tecnologia que pode perceber e receber informações do usuário com intuito de otimizar sua experiencia em nosso site.

Os dados que poderão ser armazenados são: links e botões clicados, paginas visitadas, endereço IP, informações a respeito do navegador, sistema operacional do dispositivo, resolução da tela, gênero, não se limitando a estes, bem como os dados fornecidos por meio de preenchimento formulários.

Não nos responsabilizamos pela veracidade ou imprecisão dos dados fornecidos pelo usuário. Nosso site utiliza cookies e demais identificadores anônimos para otimização da navegação, segurança e análise de publicidade.

O termo de vigência durante a sessão e também permanentes, cujos dados podem ser utilizados no intuito de lembrar informações de contato no formulário do site para facilitar o seu preenchimento.

Os dados dos usuários poderão ser utilizados com as finalidades de identificação, manutenção de cadastro atualizado para fins de contatos por mensagens e newslatter (com autorização dos usuários) (e-mail, aplicativos e redes sociais), realização de estatísticas e estudos destinados a análise de comportamentos de forma anônima, promoção de conteúdos, anúncios de produtos e/ou serviços.

A utilização dos dados e de sua base são realizados nos limites e destinação das atividades do titular do site, não são repassados ou compartilhados com terceiros.

O usuário concorda que o titular do site poderá utilizar os dados que lhe forem confiados durante a navegação de como forma a otimizar seus serviços com o compromisso de que os dados somente serão acessados pelo titular do site e dos profissionais devidamente autorizados com a finalidade e propósito do site.

Os dados serão armazenados em local seguro, em servidor próprio ou de terceiros, dentro do período de vigência da concordância, sendo que, fica o usuário ciente que nenhum sistema de segurança é inviolável, ficando isento o titular do site de possíveis danos ou prejuízos decorrentes de atuação de terceiros ou vírus, salvo nos casos de dolo do titular do site.

Em caso de denúncias e dúvidas o usuário poderá entrar em contato com as informações presentes no site.

Nós utilizamos cookies para personalizar sua experiência. Ao acessar o site, você concorda com a nossa privacidade. OK